• Argentina
  • Bolívia
  • Brasil
  • Chile
  • Colômbia
  • Costa Rica
  • Cuba
  • Equador
  • El Salvador
  • Guatemala
  • Honduras
  • México
  • Nicarágua
  • Panamá
  • Paraguai
  • Peru
  • República Dominicana
  • Uruguai
  • Venezuela
Uruguai
Corte Eleitoral oficializa vitória de Mujica no Uruguai

A Corte Eleitoral do Uruguai proclamou nesta quinta-feira oficialmente José Mujica, da Frente Ampla, como vencedor das eleições presidenciais de domingo passado com 52,39% dos votos, 8,88 pontos percentuais a mais do que seu adversário no segundo turno, Luis Alberto Lacalle, do Partido Nacional.

Ao final da apuração dos votos observados, ou seja, os daqueles que não puderam votar em seu colégio eleitoral por trabalharem nas eleições em outro local, Mujica recebeu o apoio de 1.197.638 eleitores.

Lacalle obteve 994.510 votos, 43,51% do total de 2.285.958.

No total, houve 2,32% votos em branco (53.100), enquanto 1,75% (40.103) foram anulados pelas autoridades.

O ministro da Corte Eleitoral, Edgardo Martínez Zimarioff, explicou à rádio "El Espectador" que estes resultados finais quase não variam frente aos divulgados no início da semana.

"Em geral, os votos observados costumam seguir a mesma tendência do resultado geral. Assim, as porcentagens se mantêm", apontou Zimarioff.

Mujica foi o mais votado na capital, Montevidéu, onde superou seu adversário por mais de 200 mil votos, e venceu também nos departamentos (estados) de Canelones, Salto, Paysandu e Soriano.

Lacalle foi o mais votado no outros 19 departamentos do país, pouco povoados e de perfil majoritariamente rural.

Mujica assumirá o poder em 1º de março de 2010 em substituição ao socialista Tabaré Vázquez, primeiro presidente de esquerda da história do Uruguai.

Efe
Data de publicação: 03.12.2009
Terra Notícias, 04.12.2009

 
últimas notícias da categoria:
 
Mais notícias desta categoria:
 
Veja todas as notícias:
 
Envie esta notícia

 Voltar
  • banner_america_latina

© Copyright 2007 / 2007 - Todos os Direitos Reservados